Flores para Algernon de Daniel Keyes

Sabe aquele livro que promete te surpreender e que no final vai muito além?


Flores para Algernon conta a estória de Charlie Gordon, um jovem que vê a possibilidade de superar sua deficiência intelectual através da participação de um projeto cientifico.


Basicamente o livro se trata do diário do próprio Charlie, fato que torna toda a experiência bastante intensa. Acompanhamos todas as mudanças, descobertas e redescobertas vividas por ele.


É bastante difícil falar sobre esse livro sem contar muito então SE VOCÊ AINDA NÃO LEU E NÃO QUER SPOLIERS PARA POR AQUI!

Complementando a resenha COM SPOILERS dois processos pelos quais Charlie passa me sensibilizaram bastante:


Primeiro, quando ele revisita memórias e lembranças sob uma nova ótica e com maior entendimento sobre os episódios.


Segundo, quando ele começa a passar pelo declínio de suas faculdades e não se reconhece mais, sentindo raiva de si, mesmo sabendo que ele não tem controle sobre isso.


Ambos momentos são bastante vividos e podem estar presentes na vivência e tratamento de transtornos mentais – oi pessoal do TAG – o que com certeza me pegou desprevenida durante a leitura.